A ACR Zona Azul anunciou a renúncia à II Divisão 2020/21, devido à falta de condições para a participação na mesma, e que optou por competir na III Divisão. 

Conforme noticiou o jornal Diário do Alentejo, a decisão foi tomada após a última reunião dos órgãos sociais do emblema alentejano, que concluiu «não existirem condições desportivas e financeiras para o clube se fazer representar, na próxima época desportiva, no nacional da II Divisão de andebol». Assim, como escreve a fonte citada, as prioridades da formação de Beja passam a ser a participação na III Divisão, a aposta na formação e a promoção do andebol feminino , através da criação de “uma nova estrutura integrada na secção de andebol; o Centro de Formação de Andebol da Zona Azul – (CFAZA-BEJA) com o objetivo de reorganizar todo o percurso da formação, até aos juvenis, de ambos os sexos” e, finalmente, o anúncio de que “na próxima época desportiva a Zona Azul voltará a promover o andebol feminino, com o objetivo de proporcionar às jovens da nossa cidade a possibilidade de experimentarem uma modalidade desportiva tão atraente como é o andebol”.