mineiroaljustrelense.com
O SCM Aljustrelense entrou a vencer neste seu regresso ao “Distritalão”, numa ronda em que viajou até Vila Nova de São Bento.
O resultado final cifrou-se em 0-3, embora dois dos tentos tenham surgido após os noventa minutos, depois de uma partida equilibrada mas com sinal mais para a equipa da Vila Mineira em grande parte do encontro.
O jogo iniciou-se dividido com ambas as equipas a chegarem-se com algum perigo junto das balizas adversárias com destaque para a grande defesa de André Vargas a cabeceamento de Nelson Raposo à passagem dos 21 minutos de jogo. Na sequência da defesa do guardião Aldenovense, seguiu-se pontapé de canto com Hélder Furtado a cabecear e o defesa David Luz a tirar a bola em cima da linha de golo.
Antes destes acontecimentos os pupilos de Fernando Monteiro já haviam chegado com perigo à baliza defendida por Fábio Reis, que viu passar o remate de Nuno Pateira perto da baliza. 
Até ao final da primeira destaque para dois remates, um de Paulo Serrão, outro de João Pepe que levaram perigo à baliza adversária.
No início do segundo tempo, houve logo oportunidade clara para o emblema tricolor com João Pepe a isolar-se perante André Vargas, com este a conseguir defender para canto. Logo de seguida foi a vez de João Nabor causar perigo com um remate a rasar o poste.
Quem não marca sofre, e quase que pouco depois o ditado se aplica quando numa rápida jogada de contra-ataque Jorge Galego dispara à entrada da área para extraordinário defesa de Fábio Reis para canto.
Aos 52 minutos o Hélder Furtado voltou a estar em destaque ao ultrapassar a defesa contrária, o guarda-redes e rematar com a bola a ser corta por um defesa quando se encaminhava para a baliza deserta.
A partir deste momento o jogo voltou a estar mais dividido, até que aos 67 minutos o Aljustrelense inaugurou o marcador na sequência livre batido na direita por Carlos Estebainha com o guarda redes a não ficar bem na fotografia ao não conseguir desviar o esférico.
Passado nove minutos o Aldenovense respondeu com livre direto aponta por Fernando Infante que o guardião aljustrelense respondeu com segurança. 
Para os últimos minutos da partida estava guardada mais emoção com João Pepe a isolar-se com o guarda-redes a ultrapassá-lo e este a derrubar autenticamente o jogador do Mineiro com o árbitro a assinalar prontamente a grande penalidade e a expulsar o guarda redes André Vargas. Para a baliza entrou o jovem Luís Valério que não conseguiu evitar a grande penalidade batida por João Pepe. Ao quinto minuto de compensação o Mineiro fechou o resultado com um livre superiormente marcado por Roger depois de falta sobre João Pepe à entrada da área.
Poucos segundos depois acabava a partida com vitória do SCM Aljustrelense.

Ficha de Jogo
Parque Desportivo de Vila Nova de São Bento
1ª Jornada – 1ª Divisão Distrital AF Beja
Árbitro: Valter Canhita
Auxiliares: Joel Salvador e Francisco Cabecinha

CA Aldenovense: André Vargas; João Afonso; Abílio; David Luz; João Martins; Tiago Rosa (cap) (Luís Valério, 90’); Lobo; Nuno Pateira; Kadinho (Luís Machado, 70’); Jorge Galego; Fernando Infante.
Treinador: Fernando Monteiro

SCM Aljustrelense; Fábio Reis; Paulo Serrão; Nuno Alves; Marcos; Paulo Maurício; Rui Pirralho (Roger, 61’); Carlos Estebainha (cap); Nelson Raposo (Có, 57’); João Nabor; João Pepe; Helder Furtado (Aladji, 53’).
Treinador: João Candeias
Suplentes não utilizados: Miguel Cruz; Ruben Soares; Nuno Martins; Alexis.

Disciplina:
Cartões Amarelos: Helder Furtado, 50’; Fernando Infante, 66’;Có, 84’; David Luz, 87’

Cartões Vermelhos: André Vargas, 89’